Os jovens e o trabalho voluntário – Proposta de Redação

Com base na leitura dos textos motivadores seguintes e nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo em norma padrão da língua sobre o tema Os jovens e o trabalho voluntário. Selecione, organize e relacione coerentemente argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista, respeitando os direitos humanos.


Texto I

  • No Sudão, os jovens estão a estabelecer parcerias para combater a mutilação genital feminina.
  • Nas Honduras, os jovens estão a promover o voluntariado através de uma campanha nacional, compartilhando materiais de formação e recursos.
  • Na Ucrânia, os jovens estão a trabalhar para que haja mais jovens voluntários, para empoderar outros jovens e para procurar resolver questões como a inclusão e o emprego dos jovens.
  • Cerca de 80% dos voluntários em linha mobilizados através do serviço de voluntariado em linha do Programa Voluntários das Nações Unidas (UNV) (www.onlinevolunteering.org), têm idades compreendidas entre os 18 e os 35 anos, sendo 62% deles oriundos de países em desenvolvimento.

Os jovens representam, pelo menos, 18% da população mundial. Na maior parte dos países africanos, os jovens constituem 70% da população. Mediante uma maior participação cidadã, o voluntariado dos jovens facilita o acesso ao trabalho e contribuiu para formar jovens líderes de hoje e de amanhã.
Como instrumento potencial para fazer face aos desafios do desenvolvimento, o voluntariado dos jovens deve ser reconhecido, incentivado, apoiado e promovido a nível mundial, nacional e regional.

As Nações Unidas e o Voluntariado dos Jovens

As entidades das Nações Unidas que trabalham sobre questões ligadas aos jovens incentivam os decisores políticos, as comunidades e os próprios jovens a empoderarem os jovens, que são um recurso valioso mas subutilizado. Os esforços das Nações Unidas centram-se em incentivar a participação dos jovens na elaboração de programas e de políticas, preparando as jovens gerações para exercerem os seus direitos e para contribuirem para a sociedade a que pertencem.

Fonte: Site do Centro Regional de I


Texto II

10 opções de trabalho voluntário para você ajudar a mudar o mundo

1. Se você quiser trabalhar com crianças, pode ser um “Padrinho Nota 10” e ajudar os pequenos.

Você tem duas opções para ajudar as crianças: a primeira, por meio de doações, que podem ser feitas para o orfanato como um todo, ou diretamente para a criança que você optar apadrinhar.
De forma mais direta, você pode realizar trabalhos nas instituições prestando serviços nos orfanatos. O site Padrinho Nota 10 lista instituições por estados e cidades com telefones de contato e e-mail para você buscar mais informações.

2. Ainda se voluntariando para trabalhar com crianças, você pode integrar o programa “Família Acolhedora”.

O Padrinho Nota 10 conta também com uma listagem de orfanatos que trabalham com o programa Família Acolhedora.
Nele você pode se cadastrar e capacitar-se para receber na sua casa, por um período determinado, crianças, adolescentes ou grupos de irmãos em situação de risco pessoal e social.
Você precisa ter entre 25 e 55 anos, estar em boas condições de saúde física e mental, não possuir antecedentes criminais e ter uma situação financeira estável.

3. Existem também grupos que realizam ações com pessoas em situação de rua.

Em São Paulo o grupo Entrega por SP se reúne em frente ao estádio do Pacaembu e visita pessoas em situação de rua para entrega de doações. Você também pode entrar em contato com a Secretaria de Assistência Social da sua cidade e verificar quais são os programas da região.

4. Que tal ajudar os catadores de material reciclável?

Esse é o intuito do projeto Pimp My Carroça, que promove a visibilidade dos catadores de rua. Você pode ser voluntário de diversas formas, como grafitando carroças ou prestando serviços para os carroceiros como tratamento dentário ou aulas diversas.

5. Você também pode ajudar na construção de moradias populares.

A Teto trabalha com a ajuda da construção de moradias populares. Você pode ser voluntário permanente ou trabalhar de forma pontual com construção, palestras e atividades comunitárias, por exemplo.

6. Que tal ser voluntário ajudando crianças com câncer?

Um dos locais mais conhecidos para realizar este trabalho é o GRAACC, o Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer.

7. Você também pode ser voluntário contando histórias.

A ong Viva e Deixe Viver atua em diversos estados do Brasil e busca fomentar a educação e a cultura na Saúde através da leitura e do brincar.

8. Os animaizinhos também podem receber seu apoio.

Tanto o Clube dos Viralatas quanto o Cão Sem Dono trazem opções de como ajudar os pequenos de quatro patas.

9. Você também pode ajudar os peludos levando-os para passear.

A Cãominhada rola em São Paulo e é organizada pelo Centro de Controle de Zoonoses, onde voluntários levam os cachorros para passear todos os domingos.

10. Ajude sem sair de casa.

Muitas organizações, como o Médico Sem Fronteiras e o Hospital das Clínicas de São Paulo, precisam de ajuda para buscar voluntários e doações em redes sociais. Confira também em todas as organizações que quer ajudar se eles precisam de serviços de redes sociais e comunicação online.


Instruções:

– O rascunho da redação deve ser feito no espaço apropriado.

– O texto definitivo deve ser escrito à tinta, na folha própria, em até 30 linhas.

– A redação que apresentar cópia dos textos da Proposta de Redação ou do Caderno de

Questões terá o número de linhas copiadas desconsiderado para efeito de correção.

Receberá nota zero, em qualquer das situações expressas a seguir, a redação que:

-Tiver até 7(sete) linhas escritas, sendo considerada “insuficiente”.

-Fugir ao tema ou que não atender ao tipo dissertativo-argumentativo.

-Apresentar proposta de intervenção que desrespeite os direitos humanos.

Mais de Professora Dani Bressan

Água: o ouro líquido – Proposta de Redação

Com base na leitura dos seguintes textos motivadores e nos conhecimentos construídos...
Ler mais