Por que não “cai” gramática no Enem? Como vou estudar português então?

Bom, não é que não caia gramática no Enem, mas a prova não exige todas as normas e regras como estamos acostumados.

Na verdade saber as regras é MUUUUUITO importante para a construção do texto dissertativo. Como fazer uma boa redação se não sei as regras gramaticais? Bom, além disso, a gramática aparece sim nas provas do Enem.

Temos em média 22 questões de linguagens  e, aproximadamente, 3 questões envolvendo  conhecimento gramatical.

No que diz respeito ao que estudar, é sempre importante rever os termos de coesão como : CONJUNÇÕES, PREPOSIÇÕES E PRONOMES. Além disso, VERBOS E PONTUAÇÃO.

Não vou mentir, infelizmente, não podemos PREVER com exatidão o que virá na prova, mas dá não podemos nos distanciar daquilo que se repetiu nos últimos anos.

Abaixo, estão duas questões de GRAMÁTICA que apareceram na prova do ano passado.

 

ENEM-2016

O senso comum é que só os seres humanos são capazes de rir. Isso não é verdade?

 

Não. O riso básico – o da brincadeira, da diversão, da expressão física do riso, do movimento da face e da vocalização — nós compartilhamos com diversos animais. Em ratos, já foram observadas vocalizações ultrassônicas – que nós não somos capazes de perceber – e que eles emitem quando estão brincando de “rolar no chão”. Acontecendo de o cientista provocar um dano em um local específico no cérebro, o rato deixa de fazer essa vocalização e a brincadeira vira briga séria. Sem o riso, o outro pensa que está sendo atacado. O que nos diferencia dos animais é que não temos apenas esse mecanismo básico. Temos um outro mais evoluído. Os animais têm o senso de brincadeira, como nós, mas não têm senso de humor. O córtex, a parte superficial do cérebro deles, não é tão evoluído como o nosso. Temos mecanismos corticais que nos permitem, por exemplo, interpretar uma piada.

Disponível em http://globonews.globo.com. Acesso em 31 maio 2012 (adaptado)

 

A coesão textual é responsável por estabelecer relações entre as partes do texto. Analisando o trecho “Acontecendo de o cientista provocar um dano em um local específico no cérebro”, verifica-se que ele estabelece com a oração seguinte uma relação de

 

  1. finalidade, porque os danos causados ao cérebro têm por finalidade provocar a falta de vocalização dos ratos.
  2. oposição, visto que o dano causado em um local específico no cérebro é contrário à vocalização dos ratos.
  3. condição, pois é preciso que se tenha lesão específica no cérebro para que não haja vocalização dos ratos.
  4. consequência, uma vez que o motivo de não haver mais vocalização dos ratos é o dano causado no cérebro.
  5. proporção, já que à medida que se lesiona o cérebro não é mais possível que haja vocalização dos ratos.

RESPOSTA: C

Observem que o verbo no gerúndio “acontecendo” é uma forma reduzida da subordinada adverbial condicional, ou seja, podemos substituir o verbo no gerúndio pela expressão “ se acontecer”.

 

ENEM- 2016

Quem procura a essência de um conto no espaço que fica entre a obra e seu autor comete um erro: é muito melhor procurar não no terreno que fica entre o escritor e sua obra, mas justamente no terreno que fica entre o texto e seu leitor.

 

OZ, A. De amor e trevas. São Paulo: Cia. das Letras, 2005 (fragmento).

 

A progressão temática de um texto pode ser estruturada por meio de diferentes recursos coesivos, entre os quais se destaca a pontuação. Nesse texto, o emprego dos dois pontos caracteriza uma operação textual realizada com a finalidade de

 

  1. comparar elementos opostos.
  2. relacionar informações gradativas.
  3. intensificar um problema conceitual.
  4. introduzir um argumento esclarecedor.
  5. assinalar uma consequência hipotética.

RESPOSTA: D

 

Meus queridos, dois pontos é justamente o sinal de pontuação que sempre INTRODUZ alguma coisa. Quer seja uma explicação, quer seja uma enumeração ou até mesmo o discurso direto nos diálogos.

De qualquer forma, SEMPRE é importante relacionar os dois pontos a uma INTRODUÇÃO.

 

Forte abraço e BONS ESTUDOS!!!!!

Mais de Professora Dani Bressan

Ajuda Humanitária – Proposta de Redação

Com base na leitura dos seguintes textos motivadores e nos conhecimentos construídos...
Ler mais